Mulheres de Cinzas

Mulheres de Cinzas Primeiro livro da trilogia As Areias do Imperador Mulheres de cinzas um romance hist rico sobre a poca em que o sul de Mo ambique era governado por Ngungunyane ou Gungunhane como ficou conhecido pel

  • Title: Mulheres de Cinzas
  • Author: Mia Couto
  • ISBN: 9788535926620
  • Page: 170
  • Format: Paperback
  • Primeiro livro da trilogia As Areias do Imperador, Mulheres de cinzas um romance hist rico sobre a poca em que o sul de Mo ambique era governado por Ngungunyane ou Gungunhane, como ficou conhecido pelos portugueses , o ltimo dos l deres do Estado de Gaza segundo maior imp rio no continente comandado por um africano.Em fins do s culo XIX, o sargento portugu s GermanoPrimeiro livro da trilogia As Areias do Imperador, Mulheres de cinzas um romance hist rico sobre a poca em que o sul de Mo ambique era governado por Ngungunyane ou Gungunhane, como ficou conhecido pelos portugueses , o ltimo dos l deres do Estado de Gaza segundo maior imp rio no continente comandado por um africano.Em fins do s culo XIX, o sargento portugu s Germano de Melo foi enviado ao vilarejo de Nkokolani para a batalha contra o imperador que amea ava o dom nio colonial Ali o militar encontra Imani, uma garota de quinze anos que aprendeu a l ngua dos europeus e ser sua int rprete Ela pertence tribo dos VaChopi, uma das poucas que ousou se opor invas o de Ngungunyane Mas, enquanto um de seus irm os lutava pela Coroa de Portugal, o outro se unia ao ex rcito dos guerreiros do imperador africano O envolvimento entre Germano e Imani passa a ser cada vez maior, malgrado todas as diferen as entre seus mundos Por m, ela sabe que num pa s assombrado pela guerra dos homens, a nica sa da para uma mulher passar despercebida, como se fosse feita de sombras ou de cinzas.Ao unir sua prosa l rica caracter stica a uma extensa pesquisa hist rica, Mia Couto construiu um romance belo e v vido, narrado alternadamente entre a voz da jovem africana e as cartas escritas pelo sargento portugu s.

    • [☆ Mulheres de Cinzas || Ì PDF Download by ✓ Mia Couto]
      Mia Couto

    About Author

    1. English Journalist and a biologist, his works in Portuguese have been published in than 22 countries and have been widely translated Couto was born Ant nio Em lio Leite Couto.He won the 2013 Cam es Prize for Literature, one of the most prestigious international awards honoring the work of Portuguese language writers created in 1989 by Portugal and Brazil.An international jury at the Zimbabwe International Book Fair called his first novel, Terra Son mbula Sleepwalking Land , one of the best 12 African books of the 20th century In April 2007, he became the first African author to win the prestigious Latin Union Award of Romanic Languages, which has been awarded annually in Italy since 1990.Stylistically, his writing is heavily influenced by magical realism, a style popular in modern Latin American literature, and his use of language is inventive and reminiscent of Guimar es Rosa.Portugu s Filho de portugueses que emigraram para Mo ambique nos meados do s culo XX, Mia nasceu e foi escolarizado na Beira Com catorze anos de idade, teve alguns poemas publicados no jornal Not cias da Beira e tr s anos depois, em 1971, mudou se para a cidade capital de Louren o Marques agora Maputo Iniciou os estudos universit rios em medicina, mas abandonou esta rea no princ pio do terceiro ano, passando a exercer a profiss o de jornalista depois do 25 de Abril de 1974 Trabalhou na Tribuna at destrui o das suas instala es em Setembro de 1975, por colonos que se opunham independ ncia Foi nomeado diretor da Ag ncia de Informa o de Mo ambique AIM e formou liga es de correspondentes entre as prov ncias mo ambicanas durante o tempo da guerra de liberta o A seguir trabalhou como diretor da revista Tempo at 1981 e continuou a carreira no jornal Not cias at 1985 Em 1983 publicou o seu primeiro livro de poesia, Raiz de Orvalho, que inclui poemas contra a propaganda marxista militante Dois anos depois demitiu se da posi o de diretor para continuar os estudos universit rios na rea de biologia.Al m de ser considerado um dos escritores mais importantes de Mo ambique, o escritor mo ambicano mais traduzido Em muitas das suas obras, Mia Couto tenta recriar a l ngua portuguesa com uma influ ncia mo ambicana, utilizando o l xico de v rias regi es do pa s e produzindo um novo modelo de narrativa africana Terra Son mbula, o seu primeiro romance, publicado em 1992, ganhou o Pr mio Nacional de Fic o da Associa o dos Escritores Mo ambicanos em 1995 e foi considerado um dos doze melhores livros africanos do s culo XX por um j ri criado pela Feira do Livro do Zimbabu.Na sua carreira, foi tamb m acumulando distin es, como os pr mios Verg lio Ferreira 1999, pelo conjunto da obra , M rio Ant nio Funda o Gulbenkian 2001 , Uni o Latina de Literaturas Rom nicas 2007 ou Eduardo Louren o 2012 Ganhou em 2013 o Pr mio Cam es, o mais importante pr mio para autores de l ngua portuguesa.

      Reply

    Mulheres de Cinzas Comment

    1. Ap s a leitura da contra capa, fiquei um pouco hesitante em embrenhar me mais uma vez pela leitura de Mia Couto, logo o primeiro de uma trilogia, por vezes tenho a sensa o de que ele escreve sempre o mesmo livro Mas uma escrita t o mel dica, dif cil de resistir Pensei que pudesse ser outra Terra Son mbula com laivos de O Outro P da Sereia, mas diferente A Hist ria d lhe um toque especial Poderia passar se nos dias de hoje, porque o tempo parece n o passar por Mo ambique, ou se passa, com certeza [...]


    2. me, provavelmente, das reviews menos f ceis de escrever sobre um livro de Mia Couto pois, desta vez, a ser sincera, n o posso escrever adorei O livro tem partes bel ssimas, sobretudo no in cio e no fim, mas pelo meio fica um sabor de aqu m, de qualquer coisa que lhe falta N o pela qualidade da escrita, que em Mia Couto sempre m gica, mas pela pr pria estrutura do livro que, entre os cap tulos que alternam entre a a o e o registo das cartas escritas pelo sargento, se torna um pouco expect vel e r [...]


    3. Terminada a leitura de Mulheres de Cinza sinto me muito desconfort vel para escrever sobre uma obra de um autor que admiro muito ao ponto de achar e j o escrevi algures, aqui que talvez mere a o Pr mio Nobel.Esperava mais, bastante mais um pormenor, que poder parecer mesquinho, mas h partes do livro em que Mia parece descuidado na escrita Como, por exemplo, utilizar o termo solarengo , em vez de soalheiro.Espero que o pr ximo volume desta trilogia, que j comprei, mas que vai ficar a aguardar, sa [...]


    4. Infelizmente o livro n o me cativou tanto quanto esperava Todos os elementos da escrita de Mia Couto continuam ali, a prosa m gica, o realismo fant stico, o eterno n o lugar daqueles que foram arrancados da sua terra, algo que me impressionou muito quando li Terra Son mbula Contudo, parece que, nesse caso, n o houve liga capaz de prender a narrativa Talvez por ser o primeiro livro de uma trilogia, a verdade que passa a impress o de ir do nada a lugar algum A rela o de Imani e Germano constru da [...]


    5. uma del cia para mim ler livros do Mia Couto A sua escrita leve e m gica, trazendo me sensa es e reminisc ncias dessa frica, onde nasci, saindo de l ainda muito pequena, sem nunca l ter regressado Este livro, que o primeiro de uma trilogia que se passa no s culo XIX, exp e Mo ambique desses tempos, quer sob a vis o de um portugu s, quer sob a vis o dos nativos Depois deste primeiro volume fiquei com vontade de ler os restantes, mas antes vou lendo outros livros, pois n o gosto de ler seguidament [...]


    6. Minha primeira leitura da obra de Mia Couto, Mulheres de Cinzas um romance hist rico diferente e maravilhoso, dentro de um estilo de prosa po tica, e que passa, al m dos fatos, que exp e a complicada forma o da identidade mo ambicana atrav s dos pontos de vista de uma jovem negra e de um oficial doo reino portugu s, ambientado no final do s culo XIX._________________Mulheres de Cinzas As Areias do Imperador 1 Mia Couto Companhia das Letras, 2015 344 p ginas Lido de 16.05.16 a 19.05.16___________ [...]



    7. primeira leitura do autor e posso dizer que a escrita f cil, leve e que nos ajuda a entrar na hist ria e nas personagens passagens que nos remetem para a escravid o e tamb m sobre a forma de viver a vida que os africanos t m enraizada achei interessante a hist ria, diferente do habitual que tenho lido, mas para mim a meio do livro faltou qualquer coisa quando tiver oportunidade irei ler o segundo livro da trilogia.


    8. Mulheres de Cinza o primeiro volume de uma trilogia em que Mia Couto fala do Mo ambique do final do s culo XIX, abandonado por uma metr pole que n o tinha condi es para se governar, e muito menos para manter um imp rio A hist ria relatada intercalando duas perspetivas a do sargento Germano, atrav s de cartas que ele envia a um superior hier rquico e a de Imani, uma mo ambicana com raro dom nio da l ngua portuguesa, que lhe serve como ajudante, e que por ele se apaixona.Vendido como romance hist [...]


    9. Um livro cinco estrelas, mas na minha opiniao um pouquinho menos maravilhoso que os outros do mesmo autor por isso a classificao quatro estrelas Fantastico de qualquer forma Imani e a sua familia vivem em Nkokolani Contrariamente a maioria ela apredera a ler porque passara um tempo na companhia dos padres da Miss o levada pelos colonizadores portugueses ao sul de Mo ambique A sua tribo, os VaChopi era aliada dos portugueses e vivia permanentemente sob amea a das tribos rebeldes A familia encontr [...]


    10. Confesso que ainda n o sei o que pensar sobre a estrutura do livro.Talvez eu esperasse um pouco mais de detalhes sobre a narrativa, os acontecimentos e as formas como tudo se passa Tamb m n o sei bem o que achar da forma intercalada de colocar as narrativas o problema que algumas vezes elas se complementam ou ficam repetitivas, enquanto outras vezes parecem que est o em momentos diferentes.Por outro lado, achei interessante o livro ter mais de uma voz E o que gostei muito foi o trabalho bem feit [...]


    11. Mia Couto o rei das met foras ele consegue fazer descri es inteiramente na base de met foras A forma como a hist ria contada, muito cativante Este livro devia ser usado nas aulas de hist ria O homem consegue tornar um tema t o chato, em algo cheio de vida e emocionante.A minha grande quest o, saber qual o n vel de veracidade nos epis dios no livro contados um grande conhecedor da cultura mo ambicana quem quiser aprender mais sobre os costumes de Mo ambique Mia Couto o cara.



    12. Dos melhores do Mia Couto, o realismo fant stico aparece mais calmo empurrando a gente pra terminar o romance sem nos desesperar com os horrores das guerras causados pelo colonialismo portugu s.


    13. Esta cita del emperador Teodoro II de Etiop a, que precede uno de los cap tulos del libro, me pareci muy adecuada Conozco bien el juego de los europeos Mandan primero los comerciantes y misioneros despu s, los embajadores despu s, los ca ones Bien pod an comenzar con los ca ones.


    14. A very good way to learn about the war between the Portuguese and the last king in the south of Mosambique.


    15. Mulheres de Cinzas um livro espetacular, escrito ao modo realista m gico que tanto caracteriza os romances de Mia Couto Neste romance, Mia l va nos de volta a Mo ambique do s culo XIX, onde trav va se uma grande batalha entre as for as do imperador de Gaza, o Ngungunyane, descendente do trono dos povos Nguni, e a coroa portuguesa, com sua d bil presen a neste t o grande pa s que Mo ambique Mas a hist ria n o se centra nos neg cios da guerra, mas sim no romance entre Imani Nsambe, uma linda mulhe [...]


    16. Mulheres de Cinzas foi o meu primeiro vislumbre de Mia Couto e atingiu todas as minhas expetativas.O livro se passa em Mo ambique do s culo XIX , no meio de uma guerra civil, e tem dois narradores Imani , uma jovem negra que frequentou catequiza o, dessa forma aprendendo a ler e escrever em portugu s e o General Germano, um militar portugu s exilado na cidade de Nkokolani, ele se corresponde com Conselheiro Jos D Almeida atrav s de cartas Envolvente, po tico e recheado de cren as e hist rias inc [...]


    17. Um dos mais belos e importantes livros de Mia Couto Infelizmente vou ter que esperar um ano pelo pr ximo n mero da trilogia, mas esta primeira hist ria da guerra colonial no final do s culo XIX um excelente livro sobre o racismo subjacente ideia da coloniza o Um dos melhores livros que li nos ltimos anos sem d vida Altamente recomendado


    18. Trata se de mais um livro fant stico de Mia Couto, pleno de poesia, imagens e met foras que t o bem descrevem o dia a dia de uma tribo africana que se op s invas o de Ngungunyane Gungunhane Narrado a duas vozes, uma feminina, a africana, e uma masculina, a portuguesa, este livro aborda a tem tica da coloniza o Recomendo vivamente e aguardo ansiosamente os dois livros seguintes.


    19. Meus coment rios est o no Site atrav s do link reflexoesdesilviasouza livro mulheres de cinzas de mia couto


    20. Meu debut lendo Mia Couto e fiquei encantada com o tom po tico que ele consegue dar ao texto O livro trata de parte da hist ria do sul de Mo ambique durante a coloniza o dos portugueses, contado atrav s do ponto de vista de um condenado portugu s e uma nativa Mas muito mais que isso, uma aula sobre a vida Vale a pena a leitura.


    21. A hist ria de um portugu s degredado em Mo ambique e uma menina que mora na aldeia onde ele mora Ela aprendeu portugu s com padres e se torna a interlocutora dele com o povo O livro vai aos poucos nos conquistando e ganhando outras dimens es A narrativa po tica com imagens bel ssimas Esse volume o primeiro de uma trilogia que pretendo ler.


    22. Uma verdadeira obra, tal como todos os restantes livros de Mia Couto Indiscutivelmente um dos melhores autores da l ngua portuguesa Mulheres de Cinza mant m a mesma qualidade, a mesma poesia, uma escrita cruel e ao mesmo tempo m gica, carregada de profundo significado Um ptimo livro


    23. Todo lirismo do Mia Couto est presente na obra Achei linda a forma como ele faz o contraponto entre for a e fraqueza, dominante e dominado, brincando com todos os elementos narrativos de forma primorosa Mais uma bela obra do Mia Couto.


    24. Mais uma bela hist ria de Mia Couto, a fazer melhor entender ou questionar a liga o dos portugueses com frica Parte de uma trilogia hist rica fico ansiosa espera dos novos volumes , passada entre europeus e africanos perdidos ou descobertos no meio de Mo ambique.


    25. Amazing One of the happiest indications a friend could ever give me Mia introduces us in a bit of something about Africa s history and how their people and beliefs are made What a nice way to see a little a out them Looking forward to read all the other pretty things he wrote


    26. um livro completo Est o presentes a poesia, a filosofia, a magia, a fic o e a Hist ria Mia Couto traz reflex es sobre o racismo, o machismo, a guerra e o tempo A leitura extremamente musical e nos faz ouvir as letras e palavras escritas Ansiosa para o pr ximo da s rie


    27. curiosamente espera dos pr ximos volumes que completarao esta trilogia bom quando os livros prendem assim e nos fazem viajar



    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *